• Detalhe pintura Aredores de Curitiba
  • Detalhe pintura Duas Racas
  • Detalhe pintura Entrada Barra Sul Por do Sol
  • Detalhe pintura Mulher Desconhecida
  • Detalhe pintura Paisagem com Lírios
  • Detalhe pintura Paisagem Paranaense

Notícias

29/04/2019

Dia do Trabalhador: MCAA funciona das 10h às 16 horas no feriado

Arte contemporânea, fotografias e mostras históricas estão em cartaz nos espaços

 

Neste feriado do Dia do Trabalhador vale a pena aproveitar a folga para visitar as exposições abertas nos museus da Secretaria de Estado da Cultura (SEEC), além do horário estendido e entrada gratuita no Museu Oscar Niemeyer (MON) e no Museu de Arte Contemporânea do Paraná (MAC-PR): ambos ficam abertos até as 20 horas na quarta-feira (1º).

 

No MON há mostras inauguradas recentemente, como a “O que é original?” do artista Marcelo Conrado. Com 20 fotografias e 13 pinturas de grande formato, a individual do artista faz o público se questionar sobre a autoria na arte contemporânea.  Também é possível ver “Ásia: a terra, os homens, os deuses” (uma seleção de 200 peças vindas de mais de dez países do continente), “Oferenda – Guita Soifer” (com obras intimistas da artista paranaense) e “Ivens Machado – Mestre de obras” (desenhos, esculturas, fotografias e vídeos relacionados a diferentes períodos da trajetória do artista).

 

Já no Museu de Arte Contemporânea do Paraná (MAC-PR), que está funcionando temporariamente nas salas 8 e 9 do MON por conta da reforma da sua sede, o visitante pode ver a mostra “Tempos Sensíveis”, que reúne materiais de mestres como Käthe Kollwitz, Poty Lazzarotto, Carina Weidle, Luciano Zanette, Antonio Dias, Karin Lambrecht, Antonio Manuel, Luiz Henrique Schwanke, entre outros. Outra exposição produzida pelo MAC-PR está no hall da SEEC (que abre das 9h às 13 horas, com entrada gratuita): "História sem fim: o pensamento revolucionário de Adalice Araújo", uma retrospectiva sobre a vida e obra da crítica de arte paranaense.

 

MCAA


História

 

O Museu Paranaense (MP) conta com uma série de exposições históricas, como "Ocupação do território paranaense", “Dinheiro e Honraria: o acervo de numismática do Museu Paranaense”, “Imigração no Paraná”, “Igrejas Ucranianas no Paraná”, entra outras. Há ainda "Em foco: Iria Corrêa", sobre a precursora da pintura no Paraná.

 

Já no Museu da Imagem e do Som do Paraná (MIS-PR) a mostra "Revisitando Curitiba" é composta por 28 fotografias que ajudam a contar a história e a transformação da capital paranaense durante as décadas de 1920 e 1950. É possível conhecer também a coleção tridimensional do museu, composta por rádios, radiolas, toca-discos, moviolas, câmeras fotográficas e projetores.

 

No Museu Casa Alfredo Andersen (MCAA) os visitantes têm a experiência de  conhecer o local onde o artista norueguês Alfredo Andersen viveu, além de ver parte do acervo do pintor, objetos e documentos da escola-ateliê. No segundo andar da casa está em cartaz a exposição “in situ/em trânsito”, com curadoria de Eliane Prolik e Adolfo Montejo Navas.

 

E no Museu do Expedicionário (MEXP), o acervo de fotografias, mapas, documentos, peças, ilustrações, filmes e livros retrata a participação da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na Segunda Guerra Mundial.

 

Confira o horário de funcionamento dos museus da SEEC:

tabela


Serviço

 

Museu Oscar Niemeyer – Rua Marechal Hermes, 999. (41) 3350-4400. Curitiba-PR.

 

Museu de Arte Contemporânea do Paraná – Rua Marechal Hermes, 999. (41) 3323-5328. Curitiba-PR.

 

Museu Paranaense – Rua Kellers, 289. (41) 3304-3300. Curitiba-PR.

 

Museu da Imagem e do Som do Paraná – Rua Barão do Rio Branco, 395. (41) 3232-9113. Curitiba-PR.

 

Museu Casa Alfredo Andersen – Rua Mateus Leme, 336. (41) 3222-8262. Curitiba-PR.

 

Museu do Expedicionário – Praça do Expedicionário, s/nº. (41) 3362-8231. Curitiba-PR.

 

Secretaria de Estado da Cultura (Sala Adalice Araújo) – Rua Ébano Pereira, 240. (41) 3321-4700.

 

Fonte: Secretaria de Estado da Cultura (SEEC)

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.