Arte paranaense perde Fernando Calderari, um de seus maiores mestres
14/12/2021 - 09:59

A Cultura Paraná fica órfã de um dos seus maiores mestres. O artista Fernando Calderari nos deixou na madrugada desta terça-feira, aos 82 anos. Natural da Lapa, foi discípulo de Guido Viaro e transitou por linguagens como pintura, desenho, gravura e escultura com ferro. Nos anos 1960 impulsionou um movimento de renovação nas artes plásticas paranaenses no sentido do expressionismo figurativo no lugar do academismo. Na década seguinte, retomou a linguagem figurativa encaminhando-se em direção ao que seria a sua marca: as inconfundíveis paisagens marinhas. Professor de várias gerações, artista premiado, Calderari ficou conhecido internacionalmente pelos retratos de suas marinas. 

Sua trajetória conta com inúmeras exposições individuais e coletivas e participação na VII Bienal de São Paulo, assim como obras em importantes coleções de museus do Brasil e diversos países, como Alemanha, Áustria, Estados Unidos, Inglaterra e Suíça.

Parte o homem, permanece seu imenso legado. Nossos profundos sentimentos aos filhos e netos.

Últimas Notícias